quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Um novo ano começou e eu não escrevi  nada a respeito... então pra "saudar" 2012 e para comemorar essa nova fase da minha vida, resolvi escrever aqui um texto de Rubem Alves:


‎"Eu quero desaprender para aprender de novo.
Raspar as tintas com que me pintaram.
Desencaixotar emoções,
recuperar sentidos."

Recomece

Como faz o sol todas as manhãs
como faz a rosa ao desabrochar.
Como faz a brisa
que o som da vida leva
num lindo bailar.
A água da cachoeira
que vai e vem
sem trégua
num som
de dar inveja
ao ilustre
maestro
que a tenta
imitar.
Recomece!
Como faz a onda que balança o mar
Como faz a areia que vive a rolar
Recomece!
Porque a vida
é agora
e ela
te convida:
Vem
recomeçar!

_Sirlei L. Passolongo_
Devolve toda a tranqüilidade
Toda a felicidade que eu te dei e que perdi
Devolve todos os sonhos loucos
que eu construí aos poucos e te ofereci.
Devolve, eu peço, por favor, aquele imenso amor
que nos teus braços esqueci.
Devolve, que eu te devolvo ainda esta
saudade infinda que eu tenho de ti...


(Mário Lago)

sábado, 14 de janeiro de 2012

‎5 coisas que aprendi com lápis:

1ª) Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade;

2ª) De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador, isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor;

3ª) O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça;

4ª) O que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você; e finalmente

5ª) O lápis sempre deixa uma marca, da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços.

Paulo Coelho